.::. NORMAS APLICÁVEIS AOS ELEVADORES ELÉTRICOS DE PASSAGEIROS .::.

canada goose italia moncler outlet parajumpers milano woolrich outlet peuterey outlet
 
 
   
   
   
Segurança em Elevadores de Passageiros
     
Considerado o meio de transporte mais seguro do mundo, o elevador evoluiu nos últimos anos, acompanhando os avanços tecnológicos em vários países. Desde que a manutenção preventiva e corretiva seja feita regularmente por técnicos devidamente habilitados, para garantir o seu perfeito funcionamento, a vida útil do elevador pode ultrapassar 40 anos. Nos novos empreendimentos, a alta tecnologia nos elevadores já é um requisito básico. Sistemas inteligentes fazem com que o equipamento economize viagens e chegue mais rápido ao seu destino, além de evitar trancos, degraus em relação ao pavimento e não deixar ninguém mais preso em seu interior por uma eventual queda de energia.

Porém, para garantir mais segurança aos usuários, de uma maneira geral, os responsáveis pela administração dos condomínios residenciais e comerciais, ou das instalações industriais que utilizam esse equipamento, devem estar atentos para o cumprimento das regras e procedimentos de segurança e requisitos técnicos estabelecidos nas normas técnicas brasileiras que se aplicam aos elevadores. Desenvolvidas com base nas normas internacionais correspondentes, mais uma norma brasileira, também adotada no âmbito do Mercosul, foi recentemente publicada a NBR NM 313:2007, que deverá ser cumprida em conjunto com as demais existentes. São elas:

- NBR NM 313 : 07/2007 – Elevadores de passageiros - Requisitos de segurança para construção e instalação - Requisitos particulares para a acessibilidade das pessoas, incluindo pessoas com deficiência;

- NBR NM 267 : 07/2002 – Elevadores hidráulicos de passageiros - Requisitos de segurança para construção e instalação;

- NBR NM 207: 11/1999 – Elevadores elétricos de passageiros - Requisitos de segurança para construção e instalação.

 

Fonte : www.TARGET.com.br

     
NORMA NBR 15597:2008
     
Desde 19 de setembro de 2008, entrou em vigor a NBR 15597, que estabelece novas regras nacionais de segurança para elevadores. A norma, editada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas ( A.B.N.T. ), prevê que, a partir de agora, os elevadores deverão ter itens como avisos em braile nos pavimentos e na cabina, luz de emergência, interfone ligado à portaria e à casa de máquinas, aviso sonoro informando o andar, nivelamento preciso da cabina, entre outros relacionados à segurança de quem fará a manutenção nos equipamentos.
     
 
     
Santos: Lei estabelece normas sobre elevadores
Por: Depto. Imprensa - Prefeitura Municipal de Santos
     
A Lei Municipal 333 / 99 estabelece uma série de providências em termos de segurança de elevadores que devem ser cumpridas por empresas habilitadas em instalação e manutenção, devidamente cadastradas na Coordenadoria de Inspeção de Instalações e Locais de Eventos, Desenvolvimento Tecnológico e de Segurança ( Coinst ), órgão do Departamento de Obras Particulares. Conforme explicam os técnicos da Coinst, a liberação para instalação dos elevadores se dá por meio de processo independente, porém, juntamente com o processo de aprovação do projeto arquitetônico.

O pedido para expedição do alvará de instalação dos equipamentos será analisado pelos técnicos da Seção de Instalações ( Seinst ). A autorização para instalação só será concedida após verificação da documentação e compatibilidade com o projeto arquitetônico aprovado e com as exigências da Associação Brasileira de Normas Técnicas ( ABNT ). Concluída a instalação, deverá ser requerido o alvará de funcionamento dos elevadores.

- Fiscalização:

A fiscalização sobre o estado em que se encontram os elevadores nos prédios da Cidade é feita baseada em relatório enviado trimestralmente pela firma responsável por sua manutenção. Se houver algum problema com o equipamento, imediatamente a Coinst é comunicada pela empresa responsável.

Também há um controle por parte da Prefeitura, exigindo que, no caso de rescisão de contrato com a empresa responsável pela manutenção, o sindico do edifício deva contratar os serviços de outra firma que esteja cadastrada na Coinst. Essa medida é adotada para evitar que empresas não qualificadas façam a manutenção.


Fonte: Cicklitoral

     
ITENS DE SEGURANÇA - NORMA NM 207 : 1999
     
  CASA DE MÁQUINAS
   
  Ambiente de acesso restrito que deve possuir
   
  Luz de emergência e Interfone conforme itens
   
  6.3.6 e 14.2.3.5
   
     

     
  PROTETORES
   
  Protege as partes móveis como polias, cabos e volantes,
   
  evitando acidentes, conforme item 9.6.1
   
     

     
  GUARDA CORPO
   
  Proteção para o técnico quando executar serviços sobre a cabina,
   
  conforme o item 8.12.1.C
   
     

     
  PLACAS DE AVISO
   
  Sinalização de advertência, conforme itens :
   
  15.3 a 15.5
   
     

     
   
  ESCADA MARINHEIRO
   
  Escada de acesso ao fundo do poço do elevador,
   
  conforme o item 5.7.2.2
   
     

     
   
  CHAVE DE PERMISSÃO DE ACESSO AO POÇO ( P.A.P )
   
  Localizada na entrada do poço é usada para interromper
   
  o funcionamento do elevador, conforme item 5.7.2.4.A
   
   
   
     

     
  BOTOEIRA DE MANOBRA
   
  Botoeira de manobra sobre a cabina
   
  para manobrar o elevador, em conformidade
   
  com o ítem : 14.2.1.3
   
     

     
   
   
   
  PLACA DE AVISO AOS PASSAGEIROS
   
  Em conformidade com a LEI 9.502
   
   
   
   
     

     
   
   
   
  EXTINTOR DE INCÊNDIO
   
   
   
  Em conformidade com o item 6.1.2.2.C
   
   
   
   
     

     
   
   
  IDENTIFICAÇÃO DE CARGA
   
   
  Em conformidade com o item 6.3.2.4
   
   
   
     

     
 
 
   
   
   

 

canada goose italia moncler outlet parajumpers milano woolrich outlet peuterey outlet